terça-feira, 23 de agosto de 2011

Paulinha "Marrentinha"

A Paulinha é, definitivamente,  uma garota "marrentinha" e desde bem bebezinha  já demonstrava personalidade. Analisando bem de perto concluo que esta parte "marrenta" com certeza vem do DNA do papai e herdado, com certeza, não é roubado, né?

Quando começamos a passear de carrinho pelas ruas do bairro ela ia observando tudo, principalmente as folhagens balançando ao vento. Mas quando alguém chegava para fazer uma graça ( #todahora!) ela amarrava a cara e quase nunca deixava escapar nem que fosse  só um sorrisinho amarelo. Este comportamento padrão também se repetia até com as pessoas que ela tinha mais costume. Papai não cansava de repetir que menina tinha que ser séria mesmo. Ao contrário do irmão, que sempre foi uma "mala véia".

 Ela até gosta de um chamego, mas quando ELA quer. Não adianta muito vc chegar abraçando e fazendo carinho...vc tem que esperar o momento DELA, entende? Comparo este comportamento da Paulinha com os gatos, que diferentemente dos cães, estão sempre por ali, não gostam de te perder de vista mas só vem encostando em vc quando ELES querem um calorzinho. A Paulinha é a nossa gatinha!!!

Bem comportada e obediente, se for comparada com o Otávio. Mas quando ela cisma de te desafiar, sai de baixo. Na maioria das vezes a bagunça que apronta é no vácuo do irmão que, curioso, se enfia em todos os cantinhos da casa.

Determinada e perseverante, quando ela percebeu que o irmãozinho já dava os primeiros passos sozinho não sossegou enquanto não conseguiu também. O interessante é que ela levava cada tombo que a gente achava que ia abrir o berreiro. Que nada! Ela morria de rir e se levantava outra vez. Mesmo assim, até hoje ela cai e se machuca muito mais que o Otávio.

Bagunça que o Otávio ensinou:


Observando as belezas da praça da Liberdade:


No meio da bagunça nossa de todos os dias:


Concentrada no brinquedo:


Brava, querendo sair do berço:



Sonequinha na cama da vovó ( e usando a chupeta do Atlético, galo forte sofredor!):


Treinando para o Cirque du Soleil:


Explorando o pátio do clube:


Fazendo pose. Mas pose e sorriso ao mesmo tempo, é demais, né?



Pode até ser coincidência, mas depois que Paulinha começou a caminhar sozinha, ela tem se soltado. Está mais moleca, mais brincalhona e muito mias risonha. Parece que ela ficou muito mias feliz por ter conquistado o primeiríssimo grau de independência neste mundo.

Enfim, um sorrisão!!!!


:))

Um comentário:

isabele elebasi disse...

Rsrsrsrs...que fotos lindas!
Geniosa hein?!
Agora...achei muito engraçado as fotos "Treinando para o Cirque du Soleil" e "Fazendo Pose" (olha a perninha dela virada...kkkkkk)....acho que Paulinha tem é mesmo um lado artístico!...Veremos com o tempo!
BjinhoSSS para vcs^^