quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Descobrindo o Discovery Kids


Quando a gente ainda não é mãe, a gente pode até já ter ouvido falar, mas muitas, muitas coisas passam meio despercebidas.

Nunca tinha dado stop no controle remoto no canal Discovery Kids. Não sei o porquê, aconteceu outro dia e estava passando o desenho desta turminha aí em cima.

Os olhinhos de Paula e Otávio ficaram imóveis. Parecia que havia um ímã na tela da TV. Fiquei impressionada, que bebês com 5 meses ainda incompletos pudessem fixar a sua atenção durante tanto tempo num desenho animado. E foram quase 20 minutos.

Aí quem ficou curiosa fui eu. Resolvi assistir Discovery Kids para saber porque faz tanto sucesso entre as crianças. Descobri que os desenhos, além de serem muito bem feitos, coloridos e com muita música, são também bastante educativos. Me senti descobrindo uma grande novidade...hehehe...coisa que metade do mundo já sabe há tempos...hehehe

É bonitinho, é interessante, é educativo. E meus bebês já prestam atenção.

Então, de vez em quando, já está rolando uma sessão desenho animado por aqui.



quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A primeira banana amassada

Imagina você, durante  5 meses, numa dieta líquida e monótona. Coisa mais chata, né?

O que acontece, quando você coloca na boca, pela primeira vez um alimento semi-sólido, no caso banana amassada?

A minha resposta é simples: depende da pessoa!


Paula:







Otávio:








terça-feira, 28 de setembro de 2010

Mesversário de 5 meses






5 meses se passaram desde a estreia da duplinha por aqui. E eu nem consigo me lembrar direito como era minha vida antes de ser mãe. Negócio esquisito.

No último mês, eu percebi um desenvolvimento rápido e fantástico dos meus filhotes. E tive a certeza que a diversão começou de verdade, já que agora estão muito mais interativos. Acompanhar tudo de perto, 24 horas por dia, não tem preço. E  agradeço todos os dias o suporte e o apoio do marido neste sentido. Ele não é de falar (é homem, né gente), mas percebo o orgulho de ver estas nossas crianças crescendo felizes e saudáveis.

Felizes, sim. São crianças de sorriso fácil ( difícil é clicar o sorriso, principalmente da Paulinha...hehehe). Acordam antes das 6 da manhã abrindo o sorriso mais lindo deste mundo e derretendo o coração embriagado de sono da mamãe.

E saudáveis, muito saudáveis - obrigada, Papai do Céu!
Até hoje tivemos somente um dia de febre, que foi por causa da vacina tetravalente. Já sabíamos que poderia acontecer e estávamos preparados para a situação. Fiquei alerta, mas consegui manter a calma e contornamos bem a situação.
Também convivemos com narizinhos cheios e entupidos. O tempo seco castigou bastante nos últimos meses e se foi ruim para os adultos, imagina para os pequenos. Mais uma vez, contornamos bem a situação pingando soro nos narizes um "sem número" de vezes por dia.

E só.

Bençãos demais, né?

Se alguém me perguntasse agora o que é a felicidade eu diria que é isto.









segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Almoço de domingo

Quer ver o Paulo feliz?

No melhor estilo "faça você mesma" : um almoço de domingo EM CASA ( o que quer dizer TRABALHO para esta pessoa aqui que vos escreve), juntando a grande família. Não tem nada melhor para unir qualquer família do que COMIDA, né gente?

Sei não, mas desconfio que o Paulo fez este monte de filhos ao longo da vida, só para ter o prazer de se sentar numa mesa cheia só da prole. Por falar nisto, preciso urgentemente trocar a mesa daqui de casa.  Seria de bom tamanho uma de 12 lugares, afinal Paulinha e Otávio daqui a muito pouco tempo também entrarão na roda ... mas para isto eu teria primeiro que trocar de casa...hehehe...daí já começou a complicar. Portanto uma mesa de 8 lugares já dá para o gasto. Mas isto já é outra história.

Voltando ao assunto, ontem foi um dia assim: convite para a galera almoçar aqui em casa. Eu não tinha nada muito bem preparado, então me virei num improviso. Como sempre faço uma entrada para acompanhar a cervejinha que antecede o almoço propriamente dito, corri ali no sacolão e comprei um abacate para fazer uma guacamole (Receita a jato: abacate+tomate+cebola+limão+salsinha+cebolinha+sal+pimenta tabasco). Delícia que eu adoro comer com salada, mas como entrada vai bem com torradinha e doritos.  O almoço mesmo foi sair lá pelas 3 da tarde.
Depois do almoço, rolou uma sessão de luta livre no Xbox que o Fred trouxe. Henrique nem quis sair com os amigos que ligaram para ele. E o primogênito Paulo Alexandre, parecia uma criança...

E o Paulo lá, todo orgulhoso com o Otávio no colo, que não desgrudava os olhinhos da TV.



A Paulinha tava lá dentro tirando um cochilo porque, convenhamos, luta livre não é coisa de mocinha.

A tarde foi passando , a noite foi chegando. E como ninguém arredou o pé, tive que providenciar um lanche noturno.

A noite foi passando, foi ficando tarde. E como ninguém arredou o pé, fiquei realmente preocupada de ter que providenciar a ceia...hehehe.

Ufa!!!! Ainda bem que não precisou porque a galera se foi às 11 da noite.

Nestas alturas Paulinha e Otávio já estavam no décimo quinto sono.

Fiquei pensando em como seria se o convite tivesse sido para o jantar.




domingo, 26 de setembro de 2010

Cupcakes para o Henrique

Semana passada foi aniversário de debutante, ops, 15 anos do Henrique.

Resolvi fazer uma graça para ele. Além de um pavê de morango INTEIRO para ele comer SOZINHO ( na verdade foi uma reivindicação!), fui testar meus dotes culinários fazendo uns cupcakes. Acho que para marinheira de primeira viagem, até que sairam bem fofos:





Ah, um bolinho assim, com sabor de cereja, recheio de nutella e cobertura de pasta americana, além de encher os olhos, é de lamber os beiços...hehehe...



Pergunta se sobrou algum?

sábado, 25 de setembro de 2010

Domingo no clube

Não aguentava mais frente fria em pleno mês de setembro. Todo mundo empacotado com gorro, luvas, cobertores...aff.

Acontece que era domingo e amanheceu um dia lindo, ensolarado e quente. Sugestivo para ir ao clube, mas só mesmo o Henrique para convencer o Paulo da empreitada.

Quando ele deu sinal verde, juntamos bebês e as tralhas em tempo recorde e lá fomos nós.

E foi mais fácil e tranquilo do que eu pude imaginar. Os bebês se comportaram muito bem e não deram trabalho algum. Acho que estão puxando o DNA da mamãe...hehehe...adoram passear.

Paulinha de chapeuzinho ficou uma FLOR! Otávio de bonezinho: um RAPAZINHO!

Henrique ficou só na corujice! Quem diria!!!!

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O CD do Pedro: o mais tocado por aqui!






O Pedro nasceu em dezembro de 2008 e é filho da minha amiga querida de infância Rosane e do Max. (outro dia achei uma foto de nós duas na festa de 15 anos dela. Jisuis!!! Como já fui baranguinha nesta vida...hahaha). Quando fui visitá-lo para conhecê-lo, ganhei este CD onde as canções infantis são personalizadas com o nome do Pedro.
Tipo assim:
"Cachorrinho está latindo lá no fundo do quinta; cala a boca cachorrinho deixa o Pedro passar."

Apaixonante!

Lógico que guardei com todo o carinho do mundo. No fundo eu sabia que seria muito útil :)

O que eu nunca podia imaginar é que este CD seria OMAIS TOCADO. Só dá ele, gente!

Acho que vai furar.

E este aí é o Pedro, já com quase 2 aninhos, e sua irmãzinha falante Júlia:

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Os ipês trazem a primavera

Hoje começa a minha estação preferida: a primavera.

E é um verdadeiro deleite percorrer as ruas da cidade. Juro que quase bati o carro outro dia. É que eu estava olhando para cima, admirando a maravilha que são estes ipês rosa.

Foto dos ipês da Av. Prudente de Morais:


Praça da Liberdade:


Lindeza de encher a alma!!!



Esta duplinha anda cada dia mais esperta e interativa. Uma delícia!

Quando entraram no mês 4 ( nem fiz post comemorativo, abafa!), comecei a ter certeza de que são 2 pessoinhas de verdade.

Já sabem reivindicar as coisas: já reclamam se estão molhados, por exemplo; já interagem com sorrisinhos e gargalhadas; já fazem birrinha; já jogam o corpo quando querem sair do berço, do carrinho ou do bebê conforto; já reconhecem a mamadeira; já sabem quando é a hora do banho; já se descobriram no espelho; já descobriram que as mãos servem para pegar e apertar; já estão desenvolvendo um tipo rudimentar de conversa. Ah, o melhor é que dormem sem acordar por causa das cólicas porque essas aí já eram nas nossas vidas. Thanks, God!

A minha sensação é que foram nas últimas 3 semanas que a diversão começou prá valer.

Entendem agora o porquê do sumiço?

É que estamos gastando o tempo nos "conhecendo" e nos divertindo.

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Agora é a vez da mamãe!

Olá, pessoas!

Já vou explicando que o meu sumiço foi por uma combinação de pouco tempo sobrando com pura preguiça crônica.

Para vocês terem uma ideia, ainda tenho umas caixas ali num canto de um dos quartos que ainda não tiveram destino e todos os meus quadros continuam encostados na parede.
Sem contar que depois que me mudei para cá, já fui ao Rio de Janeiro e fui para a festa da Família no feriado de 7 de setembro.
Agora estou preparando o batizado dos babies que será no dia 9 de outubro, e como sempre, ajudando marido a resolver pepinos (que me levam uma grande dose de tempo e de energia!).

Mas, este post não comemora só a minha volta por aqui.

Comemoro o "Agora é a vez da mamãe!"

É que nestes 4 últimos meses só quis saber de bebê na minha vida. Coisas da prolactina...
Percebi que eu estava em segundo plano e o coitado do marido em terceiro.

Daí resolvi marcar um horário no salão para um "barba,cabelo e bigode" que me levou quase um dia inteiro, mas em compensação saí me sentindo mais linda, mais mulher. Fundamental para o passo seguinte, que foi fazer uma surpresinha para o marido e convidando-o, assim de supetão, para uma saidinha a dois, uma noite bem romântica.




Não precisamos nem verbalizar que o assunto Paulinha e Otávio, ou qualquer outro relacionado a ele, estava proibido.

Eu e Paulo nos divertimos muito e voltamos felizes, feito adolecentes. Meia noite já estávamos em casa e percebemos que nem doeu!

Foi bom porque tive a certeza de que ser mãe é uma delícia, mas é apenas uma parte do que é ser mulher.