domingo, 2 de maio de 2010

Nasceram!


Na madrugada da quarta-feira, dia 28 de abril de 2010, não foi muita surpresa quando constatei que a bolsa havia se rompido.

Alguma coisa me dizia que estava para acontecer a qualquer momento. Barriga grande demais, muita falta de ar, dificuldade para fazer TUDO...

Os bebês, em idade gestacional de 34/35 semanas seriam prematuros e uma maternidade com CTI neonatal era um pré-requisito para um parto mais tranquilo. Eis que a maternidade que eu e Paulo havíamos escolhido e até visitado estava LOTADA. Aí começou uma pequena saga. Onde tinha vaga para mim, não havia CTI; onde havia CTI, ou estava lotada ou não havia leito para mim. Cogitamos até a possibilidade de irmos para um hospital onde arcaríamos com as depesas particulares. Imagina!!!!

Coisas que acontecem no Brasil, mesmo com pessoas que pagam ( e caro!) por aquilo que deveriam ter de graça.

Somos cidadãos, que como outros milhões, dão duro para ganhar a vida, são sobrecarregados de impostos, pagam convênio caríssimo, e numa hora destas se sentem impotentes e se veem numa "sinuca de bico".

Imaginem quem de depende do SUS? De vez em quando vemos alguma coisa nos noticiários, mas acontece todo dia em todo lugar deste país.

Fica aqui minha indignação com o Sistema de Saúde brasileiro.

O meu médico teve papel fundamental. Enquanto juntava minhas coisas que já estavam praticamente prontas e o Paulo roía todas as unhas, ele ligava para todas as maternidades de BH, para chegarmos num denominador comum. Uma hora e quarenta minutos depois, resolvemos que iríamos para a maternidade onde havia 2 vagas no CTI neonatal e eu ficaria na espera de um leito.

Às 6:33 h nasceu a Paula com 41cm e 1.670g; um minuto depois veio o Otávio com 44cm e 1.890g. Eu não sabia quem chorava mais, se era a Paula, o Otávio ou eu!!!!

Os bebês foram direto para o Neocenter e eu me senti a mulher mais feliz do mundo! O Paulo esteve lá segurando a minha mão e dividindo toda a emoção do momento mais feliz de toda a minha vida!


Sejam bem vindos meus queridos Paula e Otávio!

Agora viajaremos juntos pela vida, neste mundo cheio de coisas para descobrir, viver, experimentar, aprender.

2 comentários:

Carolina disse...

Parabéns, Silvinha!

Como eles estão?

Bjos e boa sorte!

Silvinha disse...

Oi, Carolina!

Eles estão ótimos. É só mesmo uma questão de tempo para pegarem um peso. É de praxe bebês prematuros ficarem em observação, por questões de segurança, tanto para os bebês quanto para nós, pais.
O Otávio já está pegando o peito, um fofo! A Paulinha ainda está na incubadora, pois nasceu menorzinha...mas tb está progredindo e deve sair da alimentação parenteral amanhã. Tenho ido ao hospital todos os dias e fico por lá durante toda a tarde...uma canseira...então não tenho tido tempo de postar aqui as novidades. Assim que saírem coloco por aqui uma foto bem linda dos meus filhotes.
Grande abraço!