sábado, 6 de novembro de 2010

Baby sling

Passear de carrinho pelas ruas do meu bairro ( com certeza pelo resto da cidade também!) é um verdadeiro rally. As calçadas são muito irregulares, por vezes esburacadas, o que dificulta a utilização de pequenos veículos de 4 rodas. Andei pensando que a prefeitura faria muito pelos mais vulneráveis - crianças, idosos e deficientes físicos - se houvesse um projeto para padronização de calçadas. Será que um projeto assim seria viável?
Então, devido às dificuldades para sua utilização, os nossos carrinhos estão quase se transformando em belos elefantes brancos. E para os nossos passeios pelos arredores, tenho utilizado o baby sling.

Na verdade existem vários tipos de baby sling, que na tradução literal quer dizer tipóia.

1. Sling de argola - Ring Sling


Um longo pedaço de tela que passa por sobre o ombro e o lado oposto da bacia e se ajusta entre 2 argolas.  A possibilidade de ajustar o tamanho permite que pessoas de diferente porte possam utilizá-lo.
Se ajustam facilmente. As posições de uso são as mesma que no Pouch: de frente, lado e atrás e as mesmas variações na posição do bebê. 





2.Wrap Sling - Pano Comprido

Um pedaço de tecido de entre 3 e 5m, que se amarra a redor do corpo da pessoa que carrega.
Existem varias maneiras de utilizar o mesmo e se distribui sobre os dois ombros, formando um bolso para o bebê. É muito confortável e suporta bebês de todos os tamanhos. Permite a amamentação e é muito versátil, podendo ser usados na frente, lado ou atrás. O bebê pode ser colocado e retirado facilmente.
O wrap sling permite maior contato pele a pele, (no sling com argola ou pouch você ainda tem uma camada de tecido entre você e o bebê, no wrap não). Por isso ele é recomendado para o método mãe canguru com prematuros e para recém-nascidos. Ele garante uma posição ergonómica e segura bem as costas e cabecinha do bebê, também durante o sono. 

É o tipo de sling mais usado na Europa.


 3. Canguru  -  Tipo Mochila
  1. Estes carregadores funcionam como uma mochila, com alças sobre os dois ombros e uma alça na cintura. Pode seu usado de frente, lado e atrás e mantem o bebê sentado em todo caso.

    São bons para carregar bebês de maior tamanho, de uso simples e pode ser usado por pessoas de diversos tamanhos.
    É importante destacar que existem muito modelos onde as pernas do bebê não estão em posição fisiológica, o que afeta o desenvolvimento da bacia. Para que não seja assim, o carregador deve manter as pernas inclinadas, com os joelhos um pouco acima da altura do bumbum, e não simplesmente penduradas.

 4. Pouch Sling - Bolsa ou Rede

A palavra Pouch vem do inglês e sua tradução literal é bolsa. Pouch ou Bolsa - Carregador de Bebê
É basicamente um longo aro de tecido, dobrado no meio, o que cria uma espécie de bolsa para o bebê.  Se usa sobre um ombro e o lado oposto da bacia. Pode ser fabricado com tecidos levemente elásticos. Alguns modelos são ajustáveis para que pessoas de diferentes tamanhos possam utiliza-lo. O sistema de ajuste geralmente consta de fechos (zippers) ou botões.
São de uso muito simples e o bebê pode ser amamentado quando está no Pouch. É muito versátil já que pode ser usado com bebês de todos os tamanhos, inclusive com recém-nascidos. também pode ser utilizados de diversas maneiras: na frente, de lado e atrás e com variações na posição do bebê: deitado ou na vertical.






Texto e fotos http://www.slingando.com/
Este último foi o tipo de sling que eu, (sem pesquisa nenhuma, simplesmente catando na prateleira da loja de departamentos , naquela minha viagem) comprei para usar com meus pequenos.
Primeiro passeio - Paulinha com 1 mês

Passeando com a mamãe ontem!
Nunca usei os outros tipos, mas gosto bastante deste aí, que é da marca Munchkin. Acho uma delícia o aconchego e o peso fica bem distribuído,dando pra andar bastante sem cansar muito.

Vocês lembram do macaco agarradinho?Qualquer semelhança...hehehe


Para quem quer saber como escolher um sling, vale a pena um giro pela net e também ouvir a experiência de outras mamães.

Nenhum comentário: