sexta-feira, 26 de março de 2010

Filhos, da gravidez aos 2 anos de idade




As respostas de 40 mil pediatras às dúvidas de mães e pais.

A Sociedade Brasileira dePediatria (SBP) e a Editora Manole lançaram o livro “Filhos – da gravidez aos 2 anos de idade” (376 págs), no último mês de outubro. É a primeira publicação do gênero voltada não apenas para as mães, mas também para os pais, destacando seu pape le orientando a família, sobre as questões mais atuais da realidade brasileira, relacionadas à vida moderna, e também as eternas dúvidas dos casais, com orientações cientificamente atualizadas e em linguagem de fácil compreensão.



Escrito por 34 autores diretos e a partir dos Departamentos Científicos da SBP, com destaque para os mais ligados à puericultura, o livro representa o consenso dos pediatras do País.

Completo, “Filhos” inclui temas tradicionais, sobre o acompanhamento obstétrico, o preparo para o parto, os critérios para a escolha do pediatra e da maternidade, os primeiros cuidados em casa, com leitura rápida facilitada por ícones. Mas vai além, com mais informações e indicando, inclusive, sites confiáveis para consulta complementar.

Apresenta dicas práticas importantes para a amamentação e desfaz mitos, indicando também como proceder no desmame e na transição para uma alimentação balanceada.

Possui calendário de vacinas em cada idade e orientação sobre os dentes, a pele, a educação, a saúde mental, a criação do vínculo afetivo entre mãe, pai, família e criança, as situações especiais, além dos exames para avaliação da visão, da audição, e até as brincadeiras ideais para proporcionar a estimulação adequada.

É um guia prático, completo, até os dois anos e que, muito em breve, será complementado por outros livros que vão acompanhar a vida das crianças e adolescentes.

Depois de toda esta propaganda, merecia um cachê...hehehe...

Namorei este livro desde a sua publicação no ano passado. Daí, resolvi comprá-lo no mês passado e já li a metade do livro.

Bastante completo, masno quesito amamentação, vai contra o que diz o livro Nana Nenê. A SBP é a favor da livre demanda na amamentação do recém nascido, ou seja, o peito deve ser oferecido ao bebê sempre que solicitado, sem horário para mamadas...


Olha o nó se formando aí na minha cabeça de mãe de primeira viagem...

2 comentários:

Ministério da saúde disse...

Cara Silvinha,

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza H1N1 já começou. Vamos vacinar trabalhadores de saúde, população indígena, doentes crônicos, jovens saudáveis de 20 a 39 anos, além de crianças maiores de seis meses a menores de dois anos. Precisamos vacinar 91 milhões de pessoas e, para isso, contamos com a sua ajuda. Preparamos diversos materiais que podem ser usados em seu blog para ajudar o Brasil nessa tarefa tão importante.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br .

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Carolina disse...

Muitas comunidades no orkut são contra o livro NANA NENÊ. Procure saber o por quê. Particularmente eu também sou.
Nome das comunidades contra o livro: Pediatria Radical, Soluções para Noites sem Choro, Desmame Gradual, Grupo Virtual de Amamentação.