terça-feira, 9 de março de 2010

O teste das Fraldas da revista Veja

No próximo sábado dia 13 de março será o Chá de fraldas de Otávio e Paulinha.

Tive grande surpresa ao folhear a revista Veja de 3 de março de 2010, páginas 118 e 119, e me deparar com "O teste das fraldas", na coluna Guia Veja.

Interessante os números que a revista aponta: " ao completar 2 anos e meio, uma criança terá usado até 5000 fraldas descartáveis, o que significa um gasto entre R$ 1.450,00 e R$ 4.400,00 ( vamos pular esta parte...e pensar que aqui em casa será multiplicado por 2...ai, ai!). Apesar de os ambientalistas torcerem o nariz para elas ( porque levam cerca de 450 anos para se decompor na natureza", sendo portanto ecologicamente incorretas, "elas são o que há de mais prático e confortável para os bebês."


O que eu achei mais interessante na reportagem e que faz todo o sentido é que em geral é preciso testar vários modelos e marcas até encontrar aquela ideal , que se adapta melhor ao nosso bebê. Isto porque no quesito absorção, além de existir diferenças anatômicas entre meninos e meninas (meninas têm jato de xixi centralizado; meninos fazem xixi para todos os lados), o volume é variável para cada bebê.
No quesito assaduras e alergias (alguns bebês são mais sensíveis) e também conforto existem diferenças na espessura e toque dependendo da marca e modelo da fralda.

Este quadro apresenta um resumão do teste:



Pelo visto, para encontrar a melhor opção, só testando...

Nenhum comentário: