terça-feira, 5 de outubro de 2010

Mandrião

Estamos numa semana especial pois no próximo sábado celebraremos o Batizado de Otávio e Paula.

E vocês podem imaginar como as coisas por aqui andam a mil.

Depois que eu chequei todos os detalhes possíveis da comemoração que vamos fazer junto com a família, mostrei as roupinhas que tinha comprado para os pequenos para o papai. Roupinhas brancas que simbolizam a pureza, a presença do espírito santo que nos purifica, perdoa, santifica.

Marido encasquetou que aquela não era A ROUPA para batizado, que eu estava desinformada, e ...blá, blá, blá.

Entendi que apesar de eu não fazer questão daquelas "camisolinhas" tradicionais, ele fazia. Daí fui correr contra o tempo. Descobri que a tal camisolinha de batismo se chama Mandrião. O nome é esquisito, mas tem cada modelo mimosinho...




E como anjo não tem sexo, e bebês são anjinhos, o mandrião, apesar de ser uma espécie de vestido, são usados por meninas e meninos.

Então tá. Fui atrás não de um, mas de dois mandriões (será que o plural é assim mesmo?). Mas quem disse que são fáceis de encontrar? Foi uma verdadeira saga, mas conversando aqui e ali, consegui achar uma senhora que é uma verdadeira especialista no assunto.

Mas vou fazer um certo suspense e ficar devendo uma foto para depois.



Um comentário:

Neuza Enxovais disse...

Adoramos ver nosso trabalho neste blog lindo! Obrigada! Beijos