segunda-feira, 26 de abril de 2010

A barriga de 34 semanas

Como já relatei aqui, estou em regime de repouso (afff!) já faz 2 semanas.

Mas cá entre nós: quem consegue ficar preso dentro de casa por muito tempo????
Então, usando o bom senso, é claro, não perco a oportunidade de dar minhas escapulidas para a rua...hehehe. Mas com consciência , gente, porque não existe uma pessoa que quer o melhor para os meus bebês do que eu, viu?

Bem, o fato é que todas as vezes que dou "as caras" na rua, ou melhor, a barriga, atraio tantos olhares que até me desconcertam...acho que as pessoas devem pensar que pelo tamanho é impossível eu não estar a caminho da maternidade...hehehe.

Algumas pessoas, menos tímidas, conversam comigo. Semana passada, estava eu comprando uns legumes e frutas, quando um senhor de cinquenta e alguns anos disparou: "Esses gêmeos aí são para quando?". Eu olhei imediatamente, com cara de espanto, até pensando se tratar de algum conhecido. Mas eu nunca havia visto aquele senhor. Respondi com a minha sinceridade sagitariana: "Você é bruxo, é? Como sabe que são dois?" Ele sorriu amavelmente e respondeu que era pelo formato da minha barriga. Sei não, mas este argumento não me convenceu. Continuo achando que o moço é meio bruxo mesmo. Mas a esposa dele estava por perto e aí, conversamos um pouco e ela acabou por me contar que eles eram pais de 2 rapazes gêmeos de 27 anos, que ela se descobriu grávida de gêmeos quando estava no sétimo mês de gestação ( naquela época imagino que a indicação para um ultrasom era super restrito), que era tudo de bom ter filhos gêmeos e blá, blá, blá...



Eu já sabia que mulheres barrigudas exercem um certo fascínio nas pessoas em geral. Mas só estando do lado de cá, sendo uma delas, para saber o quanto.

Quando digo que são 2 bebês, aí mesmo que as pessoas ficam admiradas, não antes de ficarem surpresas, é claro! Aí alguns acham até que minha barriga está pequena. Imagina! É que ou não me conhecem sem barriga ou não estão me vendo sem roupa...hehehe...

Mas independente do rumo da conversa ou do comentário ( abro parênteses aqui para dizer que muitos comentários são imediatamente desconsiderados. Tipo: aproveita bastante para dormir agora...afff!!!)no final é unânime me abençoarem e me desejarem "boa hora".
Acho engraçada esta expressão, mas gosto de ouvir e entendo que cabe tanto sinceridade quanto ternura dentro dela. Sentimentos como estes são esperados de pessoas que nos conhece e que nos ama. Mas vindo de desconhecidos tem um encanto especial. Enche a alma da gente de coragem e da certeza de que tudo vai correr bem.

É como se Deus mandasse um monte de anjos de carne e osso para soprar sua mensagem em nossos ouvidos.

Aí está minha barriga, quase explodindo, de 34 semanas:





Nos últimos dias estou impressionada com a minha fome de urso! Me transformei em uma pessoa sempre com fome...hehehe. Ainda bem que como não havia engordado muito até agora, tenho até uma certa permissão para exageros nesta altura do campeonato. Sou meio desligada com relação a peso, mas pelos meus cálculos acho que engordei uns 8,5 Kg até agora.

Acho que está de bom tamanho, né?

Um comentário:

isabele elebasi disse...

Ei tia!
Sabe aquelas bolas grandonas de circo, coloridas que estouram fácil? Que vc e eu provavelmente já fizemos um chororo por elas e que provavelmente Paulinha e Otávio tb farão?! Pois é....tá parecendo que vc pegou uma no tamanho G e engoliu! rsrsrsrs
Mas a "barriguinha" tá linda e foi bom tb vc ñ ter engordado tanto pois agora, ñ precisa regualar sua fome de leão! Tb com esses babies crescendo desse jeito, tem mais que comer mesmo! Um beijo grande...fiquem com Deus^^