domingo, 4 de outubro de 2009

Dilúvio


São Pedro resolveu despejar um dilúvio justamente na hora da minha saída do cabeleireiro, penteada e maquiada para o casamento da Lú.
Saí dirigindo assim mesmo no meio daquele aguaceiro porque com o adiantar das horas não dava para atrasar mais. Afinal eu deveria comparecer na pontualidade de toda madrinha que se preze.
Estava indo muito bem, obrigada, até um certo cidadão perder os freios justo na minha traseira.

1. Não soltei um "PQP" bem alto e estridente.
2. Não franzi a testa nem despenteei a minha cabeleira montada.
3. Não liguei para o Paulo.
4. Não alterei a voz.
5. Não bambeei as pernas.

Gente, só pode ser o poder da progesterona!!!!!

Um comentário:

Isabele elebasI disse...

Eita...para quem te conhece, só pode ser MESMO a progesterona com concentração altíssima....rsrsrsr...bjusss^^